Catolé News

Paraíba

4 de Maio de 2017 Humberto Vital - 198 pessoas já leram.


Por 5 votos a 1,TRE julga improcedente Aije que pedia a cassação de Ricardo Coutinho

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) absolveu na tarde desta quinta-feira (4) o governador Ricardo Coutinho (PSB) e a vice-governador Lígia Feliciano (PDT) da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije), nas eleições de 2014.  O TRE  julgou improcedente, por cinco votos contra um,  a ação  movida pela coligação do então candidato Cássio Cunha Lima (PSDB).

A ação acusava o governador de uso  indevido do programa Paraíba Previdência (PBPrev) para realizar pagamentos com finalidade eleitoreira no processo eleitoral de 2014.

O julgamento começou no dia 17 de abril. O relator do processo,  desembargador Romero Marcelo, votou pela improcedência da ação.

A defesa de Ricardo Coutinho e Lígia Feliciano destacou, na sessão do TRE-PB, que os pagamentos dos benefícios pela PBPrev foram legais, sem desvios de finalidades ou apelo eleitoreiro.

Votaram pela improcedência, além do relator do processo, desembargador Romero Marcelo, o juízes Michelini de Oliveira Dantas Jatobá, Breno Wanderley César Segundo, Emiliano Zapata de Miranda Leitão e Antônio Carneiro de Paiva Júnior.

Pela procedência apenas o juiz Márcio Maranhão Brasilino da Silva.

 

Pleno do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) julgou Aije da PBPrev, contra Ricardo Coutinho (Foto: Krystine Carneiro/G1)

Clickpb 



-

Outras Notícias

Giro da Notícia

Catolé News - O portal que dá notícias da nossa gente!
Rua José Bonifácio, 34 1º Andar Bairro do Batalhão - Catolé do Rocha Paraíba
Telefone: (83) 8851.1734 - 9642.0101
E-mail: catolenews@gmail.com